sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Guarani Kaiowá - uma tragédia anunciada (com vídeo)

http://camaraempauta.com.br/portal/artigo/ver/id/3716/nome/Guarani_Kaiowa__uma_tragedia_anunciada_com_video

Guarani Kaiowá - uma tragédia anunciada (com vídeo)

Escrito por Daniela Novais 15:45:00 26/10/2012 

Crédito : Reprodução
Enquanto a grande mídia se cala sobre a tragédia anunciada em Naviraí no Mato Grosso do Sul, onde a Justiça Federal determinou que a Fazenda Samburá é a dona das terras e que os índios Guarani Kaiowá deixem a terra onde vivem, há um vasto material disponível pela internet, principalmente na mídia alternativa, para entender o que está de fato acontecendo por lá. 
Compartilhamos aqui o documentário de 29 minutos “À Sombra de um Delírio Verde”, uma co-produção da Argentina, Bélgica e Brasil, com direção de An Baccaert, Cristiano Navarro, Nicola Um e narração de Fabiana Cozza. No documentário, podemos ver a questão econômica, que geralmente é maquiada de “ecológica e sustentável” na grande imprensa, que se “esquece” de dizer de fato à custa de quem é feita essa sustentação.
À sombra de um delírio verde - Na região Sul do Mato Grosso do Sul, fronteira com Paraguai, o povo indígena com a maior população no Brasil trava, quase silenciosamente, uma luta desigual pela reconquista de seu território.
Expulsos pelo contínuo processo de colonização, mais de 40 mil Guarani Kaiowá vivem hoje em menos de 1% de seu território original. Sobre suas terras encontram-se milhares de hectares de cana-de-açúcar plantados por multinacionais que, juntamente com governantes, apresentam o etanol para o mundo como o combustível “limpo” e ecologicamente correto.
Sem terra e sem floresta, os Guarani Kaiowá convivem há anos com uma epidemia de desnutrição que atinge suas crianças. Sem alternativas de subsistência, adultos e adolescentes são explorados nos canaviais em exaustivas jornadas de trabalho. Na linha de produção do combustível limpo são constantes as autuações feitas pelo Ministério Público do Trabalho que encontram nas usinas trabalho infantil e trabalho escravo.
Em meio ao delírio da febre do ouro verde (como é chamada a cana-de-açúcar), as lideranças indígenas que enfrentam o poder que se impõe muitas vezes encontram como destino a morte encomendada por fazendeiros.

Tags :

Todos direitos reservados a SXM Studio de Comunicaç

Um comentário:

  1. Partiipei de uma manifestação no último domingo, no Rio e filmei uma índia que vive na aldeia maracanã (ameaçada de sair de lá já que o Sr. governador que derrubar o prédio para construir "melhorias" para a copa de 2014) fazendo um discurso emocionado e esclarecedor. De início ela fala em tupi-guarani mas depois continua em português. Me levou e levou mais alguns lá às lágrimas. www.youtube.com/watch?v=h8HBMhNNHaw

    e um video da manifestação www.youtube.com/watch?v=pu7VNsbdhPY

    Se puder divulgar...

    ResponderExcluir