segunda-feira, 21 de novembro de 2011

* CARTA DOS ESTUDANTES GUARANI E KAIOWÁ


MANIFESTO

No início da manhã do dia 18 de novembro, 40 pistoleiros assassinaram brutalmente o cacique NÍSIO, Guarani Kaiowá, do estado de Mato Grosso do Sul. O conflito em função da terra já acumula outros crimes e violências.

Incentivados e apoiados por uma professora das ciências sociais, Aline Crespe, os estudantes Kaiowá escreveram uma carta em repúdio ao homicídio do cacique Nísio.

O FÓRUM DE DIREITOS HUMANOS E DA TERRA DE MATO GROSSO (FDHT) lançou um manifesto apoiando a carta escrita pelos estudantes Guarani Kaiowá, e junto com os signatários abaixo conclamamos pela justiça social e total proteção aos povos indígenas.

Realizamos um pequeno dossiê do caso, com informações oriundas basicamente dos indígenas de Mato Grosso do Sul e colaborações de vários educadores ambientais de todo Brasil. São notícias do massacre, acrescentados de atos públicos, moções ou abaixo-assinados, além de galeria de fotos e cultura Guarani Kaiowá.

Entregamos nosso manifesto à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República no dia 2 de dezembro de 2011, e solicitamos imediata punição aos criminosos e saudamos os povos indígenas com solidariedade e respeito.

Cuiabá, 02 de dezembro de 2011.
Fórum de Direitos Humanos e da Terra – Mato Grosso
direitoshumanosmt@gmail.com

Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
Setor Comercial Sul - B, Quadra 9, Lote C, Edificio Parque Cidade Corporate, Torre "A", 10º andar,
Brasília, Distrito Federal, Brasil
CEP: 70308-200
E-mail: direitoshumanos@sdh.gov.br

.............
CARTA DOS ESTUDANTES GUARANI E KAIOWÁ

Por volta das seis horas chegaram os pistoleiros. Os homens entraram em fila já chamando pelo Nísio. Eles falavam segura o Nísio, segura o Nísio. Quando Nísio é visto, recebe o primeiro tiro na garganta e com isso seu corpo começou tremer. Em seguida levou mais um tiro no peito e na perna. O neto pequeno de Nísio viu o avô no chão e correu para agarrar o avô. Com isso um pistoleiro veio e começou a bater no rosto de Nísio com a arma. Mais duas pessoas foram assassinadas. 

Alguns outros receberam tiros mas sobreviveram. Atiraram com balas de borracha também. As pessoas gritavam e corriam de um lado para o outro tentando fugir e se esconder no mato. As pessoas se jogavam de um barranco que tem no acampamento. Um rapaz que foi atingido por um tiro de borracha se jogou no barranco e quebrou a perna. Ele não conseguiu fugir junto com os outros então tiveram que esconder ele embaixo de galhos de árvore para que ele não fosse morto.

Outro rapaz se escondeu em cima de uma árvore e foi ele que me ligou para me contar o que tinha acontecido. Ele contou logo em seguida. Ele ligou chorando muito. Ele contou que chutaram o corpo de Nísio para ver se ele estava morto e ainda deram mais um tiro para garantir que a liderança estava morta. Ergueram o corpo dele e jogaram na caçamba da caminhonete levando o corpo dele embora.

Nós estamos aqui reunidos para pedir união e justiça neste momento.

Afinal, o que é o índio para a sociedade brasileira?

Vemos hoje os direitos humanos, a defesa do meio ambiente, dos animais. Mas e as populações indígenas, como vem sendo tratadas?

As pessoas que fizeram isso conhecem as leis, sabem de direitos, sabem como deve ser feita a demarcação da terra indígena, sabem que isso é feito na justiça. Então porque eles fazem isso? Eles estão acima da lei?

O estado do Mato Grosso do Sul é um dos últimos estados do Brasil mas é o primeiro em violência contra os povos indígenas. É o estado que mais mata a população indígena. Parece que o nazismo está presente aqui. Parece que o Mato Grosso do Sul se tornou um campo de fuzilamento dos povos indígenas. Prova disso é a execução do Nísio. Quando não matam assim matam por atropelamento. Nós podemos dizer que o estado, os políticos e a sociedade são cúmplices dessa violência quando eles não falam nada, quando não fazem nada para isso mudar. Os índios se tornaram os novos judeus.

E onde estão nossos direitos, os direitos humanos, a própria constituição? E nós estamos aí sujeito a essa violência. Os índios vivem com medo, medo de morrer. Mas isso não aquieta a luta pela demarcação das terras indígenas. Porque Ñandejara está do lado do bom e com certeza quem faz a justiça final é ele. Se a justiça da terra não funcionar a justiça de deus vai funcionar.

ESTUDANTES GUARANI E KAIOWÁ DOS CURSOS DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HISTÓRIA E MORADORES DA ALDEIA DE AMAMBAÍ.

......................................
O Fórum de Direitos Humanos e da Terra de Mato Grosso (FDHT-MT) e as entidades abaixo apoiam a carta dos estudantes indígenas Guarani Kaiowá:
  1. Associação Brasileira de Homeopatia Popular, ABHP
  2. Associação Cultural e Ecológica Pau Brasil - Ribeirão Preto/ SP
  3. Associação de Defesa dos Direitos do Cidadão, ADDC
  4. Associação dos Geógrafos Brasileiros – AGB
  5. Associação Internacional de Investigadores em Educação Ambiental, NEREA
  6. Associação Matogrossense Divina Providência
  7. Associação Rondopolitana de Proteção Ambiental, ARPA
  8. Associação Verde Vida - São Paulo – SP
  9. Centro Acadêmico de Biologia - UFMT/Cuiabá
  10. Centro Acadêmico da Biologia - UNEMAT
  11. Centro Burnier Fé e Justiça, CBFJ
  12. Centro de Desenvolvimento, Respeito e Ativismo Gay - Centro DRAG (São Luís-MA)
  13. Centro de Direitos Humanos Henrique Trindade
  14. Centro de Direitos Humanos João Bosco Burnier, Várzea Grande-MT
  15. Centro  de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Extremo Sul/Ba - CEPEDES
  16. Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos – CEBI - Setor Cuiabá
  17. Centro Memória Viva do Centro-Oeste (núcleo MT)
  18. Coletivo Barricadas Abrem Caminhos
  19. Coletivo de Comunicadores Populares (Campinas)
  20. Coletivo Educador de Ribeirão Preto Ipê Roxo, SP
  21. Coletivo Jovem de Meio Ambiente  - CJ Caipira
  22. Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Goiás
  23. Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul
  24. Coletivo Jovem de Meio Ambiente de São Paulo
  25. Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Várzea Grande, MT
  26. Coletivo Jovem de Meio Ambiente do Amazonas
  27. Comissão do Povo Chiquitano de Cáceres
  28. Comissão Pastoral da Terra, MT
  29. COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS INDÍGENAS DA OAB/MS
  30. Comunidade Eclesial de Base, CEBs-Cuiabá
  31. Comunidade Eclesial de Base, CEBs-MT
  32. Conselho Indigenista Missionário, CIMI-MT
  33. Conselho Nacional do Laicato do Brasil, CNLB-MT
  34. Entidade Nacional de Estudantes de Biologia – ENEBio, MT
  35. Entidade Nacional de Estudantes de Biologia do Centro-Oeste - ENEBio-CO
  36. Escritório de Direitos Humanos da Prelazia de São Félix do Araguaia, MT
  37. ESTAÇÃO LUZ ESPAÇO EXPERIMENTAL DE TECNOLOGIAS SOCIAIS - RIBEIRÃO PRETO (SP)
  38. Estudantes do Doutorado em Educação, PPGE-UFMT
  39. FASE regional MT
  40. FASE nacional - Solidariedade e Educação
  41. Fórum de Direitos Humanos e da Terra – Mato Grosso
  42. Fórum de Lutas das Entidades de Cáceres - FLEC
  43. Fórum Mato-Grossense de Meio Ambiente e Desenvolvimento, FORMAD
  44. Grupo Cultural e Ambiental Raízes
  45. Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Ambiental, Diversidade e Sustentabilidade, GEPEADS/UFRRJ
  46. Grupo de Estudos em Segurança Alimentar e Nutricional Prof. Pedro Kitoko, GESAN
  47. Grupo de Pesquisa AnPAP-EA - Análise e Planejamento Ambiental da Paisagem  e Educação Ambiental  (UNISUL)
  48. Grupo de Pesquisa de Movimentos Sociais e Educação, GPMSE-UFMT
  49. Grupo de Pesquisa Processos Político-Sociais e Exclusão (USP)
  50. Grupo de Saúde Popular - GSP
  51. Grupo de Trabalho 22 – Educação Ambiental, GT22-ANPEd
  52. Grupo de trabalho de Ecopedagogia da Feusp, Gruteusp
  53. Grupo de Trabalho de Mobilização Social, GTMS-MT
  54. Grupo Maricá - Viamão - RS
  55. Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, Comunicação e Arte, GPEA-UFMT
  56. GT Meio Ambiente Associação dos Geógrafos Brasileiros
  57. GT Meio Ambiente AGB-Rio
  58. Instituto Caracol, iC
  59. Instituto Refloresta
  60. Instituto Socioambiental ÓIKOS – ISÓIKOS
  61. Liga Humanista Secular do Brasil
  62. Mandato Coletivo
  63. Mitotes, SP
  64. Movimento Brasil Pelas Florestas - SP
  65. Movimento de Combate à Corrupção - MT (MCCE-MT)
  66. Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, MST-MT
  67. Movimento Ecológico, Movieco - Barueri – SP
  68. Oca - Laboratório de Educação e Política Pública - ESALQ/USP
  69. Operação Amazônia Nativa, OPAN
  70. Organização Livres Pensadores
  71. Projeto 10 por hora
  72. Rede Aguapé de Educação Ambiental do Pantanal
  73. Rede Alerta Deserto Verde - Bahia
  74. Rede Axe Dudu, MT
  75. Rede de Comunidades Tradicionais Pantaneira
  76. Rede Mato-Grossense de Educação Ambiental, REMTEA
  77. Rede Paulista de Educação Ambiental - REPEA
  78. Revista Sina
  79. Sociedade Fé e Vida


PESSOAS FÍSICAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS:
  1. Acácio Aleixo – São Paulo, SP
  2. Alberto Vieira da Silva – SC
  3. Alcemi Almeida de Barros, ES
  4. Alex Torres Domingues - MS
  5. Alexandre de Gusmão Pedrini RJ
  6. Alexandre Rates de Freitas - Fundação Gaia. RS
  7. Alexandrina Luz Conceição, Núcleo de Pós Graduação de Geografia/UFS
  8. Alexsandro Soares de Barros da Sila (UFGD)
  9. Aline Lopes e Lima – SP
  10. Alonso Batista dos Santos, vereador PT, Cáceres, MT
  11. Ana Adela Barranco Herrera
  12. Ana Maria Bartels Rezende, ES
  13. Ana Maria Dantas Soares - Professora Associada da UFRRJ
  14. André Torres, MT
  15. Andreia Telles - Ibiaçá – RS
  16. Arlete P. de Souza
  17. Artemis Torres, MT
  18. Atila Calvente, RJ
  19. Barbara Bartels Rezende, ES
  20. Benedita(Bêne) Giangrossi, SP
  21. Bruno de Azevedo Cavalcanti Tavares, Recife – PE
  22. Camila Mello, SP
  23. Carlos Diego de Souza Rodrigues, SP
  24. Carolina de Cassia Ribeiro de Abreu – RJ
  25. CASSIO FREIRE BEDA - SP 
  26. Celso Sanchez, RJ
  27. Ceres Moraes
  28. Cia. Sé de Teatro, SP
  29. Cíntia de Paula Machado - Servidora da UFRRJ
  30. Claudio Augusto Zakrzevski, RS
  31. Daniel Fonseca de Andrade, Ribeirão Preto, SP
  32. Danilo Cóstola, SP
  33. David Smith, University of East Anglia, INGLATERRA
  34. Diogo Damasceno Pires, Goiânia/GO
  35. Djoni Roos - Marechal Cândido Rondon/PR
  36. Edmar Arlindo de Almeida
  37. Edna Ferreira Costa do Sim, Ribeirão Preto, SP
  38. EICHWALDMOND artist, ÁUSTRIA
  39. Eleotério Martins, Ouro Preto, MG
  40. Eliana de Faro Valença, SP
  41. Eliane Castro, Porto Alegre - RS
  42. Eliane Hanna, Ribeirão Preto-SP
  43. Elizabeth North 
  44. Elizandra de Siqueira, MT
  45. Euripedes MARTINS de Oliveira – SP
  46. Fabio Rossano Dario - São Paulo – SP
  47. Fábio Santos de Andrade, RO
  48. Fatima Elizabeti Marcomin - SC
  49. Felipe Bruno Martins Fernandes, Toulouse – FRANÇA
  50. Felipe Teixeira Vargas Pimentel – São Paulo / SP
  51. Fernanda de Oliveira Monteiro - RJ
  52. Fernanda Domingos da Silva, MT
  53. Fernando Jaeger Soares, RS
  54. Flávia Nascimento Ribeiro -ES
  55. Flávio Boleiz Júnior - Professor Universitário - S. Paulo
  56. Guilherme Loyolla Rodrigues Machado, PR
  57. Guilherme Tomishiyo Teixeira de Sousa, Física - UFSCar 
  58. Gustavo Lima, PE
  59. Héliton Geraldo Maciel Junior - São Paulo - Capital
  60. Irineu Tamaio, DF
  61. Islene de Figueiredo Porto – RJ
  62. ITACIR RODRIGUES DE CAMPOS
  63. Ivan Belém, MT
  64. Izabel Cristina Vieira da Silva – SC
  65. Jacqueline Paulça, MT
  66. Jhonatta Feitosa Moura Tavares - Se
  67. Joana Salomoni, MT
  68. João Batista Kimura Filho - SP
  69. Joaquim Ramos Pinto, PORTUGAL
  70. Jorge Amaro de Souza Borges 
  71. Jose Geeurickx 
  72. Joziane de Azevedo Cruz, Dourados, MT
  73. Juian Coelho - ETEC PARAISÓPOLIS-SP
  74. Julian Marley
  75. Junelani Figueira, SP
  76. Jussara Beatriz Pereira, RS
  77. Karine Neves Mourao - RJ 
  78. Kelly Cristhiane Silva - Dourados/MS
  79. Larissa Monteiro Rafael, Recife, PE
  80. Lélia Cápua Nunes
  81. Liana Márcia Justen, PR 
  82. Lilian Reinhardt
  83. Luigi Teixeira de Sousa, MT
  84. Luís Manuel Costa Moreno, prof. da Universidade de Lisboa, PORTUGAL
  85. Luiz Augusto Passos, MT
  86. Luiz Marcelo de Carvalho, SP
  87. Madalena Barranco
  88. Magnus Kelly Moura da Cunha - Rio Grande do Norte
  89. Marcel Morsiani Jorge - Piracicaba – SP
  90. Marcela Soliz Nakamura, SP
  91. Marcia Cristina Machado Pasuch, MT
  92. Márcia Yukari Mizusaki - MS 
  93. Marcos A. de Oliveira Vieira, Secretário de Ambiente de Maracanaú /CE
  94. Marcus de Freitas Ferreira, ES
  95. Marcus Vinicius Nunes Oliveira de Moraes, Ribeirão Preto - SP
  96. Margareth Makdisse
  97. Maria Aparecida Rezende, MT
  98. Maria Hamille Lima Bezerra - Fortaleza, CE 
  99. Maria José Souza Moraes, MT
  100. Marina Silveira -SP
  101. MARIO MARIANO RUIZ CARDOSO, SP
  102. Marisa Teresinha Mamede Frischenbruder/SP
  103. Marlene Kirchesch
  104. Martha Tristão, ES
  105. Maurelio Menezes, MT
  106. Mauro Bartolomeu - SP. 
  107. Mauro Guimarães, RJ
  108. Mauro João Porto - Ji-Paraná / RO
  109. Máximo Eleotério Martins, Ouro Preto, MG
  110. Máximo Martins, professor da UFRJ
  111. Merel van der Mark, HOLANDA
  112. Michèle Sato, MT
  113. Michelle Jaber, MT
  114. Michelle Rizk, de São Paulo, SP
  115. Milena Tomazini
  116. Mirian Barranco Herrera
  117. Nelma Baldin
  118. Oscar Luiz Teixeira de Rezende, ES
  119. Paula V. Nishimura, SP
  120. Paulo Renato de C. Dias - RJ 
  121. Paulo Roberto Cimó Queiroz - MS 
  122. Paulo Robson Souza, MS
  123. PEDRO VIEIRA RÊGO NETO
  124. Rachel Geber Corrêa – FUNAI
  125. Rachel Trajber, DF
  126. Rhafael Examus. SP-Capital
  127. Rhayanne Moraes Martins
  128. Roberto Tadeu Vaz Curvo - Defensor Público Interamericano/Br
  129. Rosangela Jacinto
  130. Roseli Lestinge, SP
  131. Rosely Ribeiro Lima, GO
  132. Samantha Vasconcelos – SP
  133. Samara dos Santos Pimentel
  134. Sâmela Ferreira da Silva
  135. SAMIA ROGES JORDY BARBIERI
  136. Shirley Y. K. Barbosa - Curitiba, Paraná
  137. Silas Nogueira Ribeirão Preto - SP
  138. Sofia Gomes Vilarigues - PORTUGAL 
  139. Solange Ikeda Castrillon, MT
  140. Solange Pereira da Silva, MT
  141. Sônia Maria Lemos - AM
  142. Sucena Shkrada Resk, RJ
  143. Tereza Neide Nunes Vasconcelos - MT 
  144. Thiago dos Santos Iaia Pereira – SP
  145. Thiago Gomes Viana, Advogado, São Luís/MA 
  146. Vitor Massao/SP
  147. Vitor Tavares Gaspar - SP 
  148. Wagner Donizette Ribeiro, São José dos Campos - SP 
  149. Waldinéia Antunes de Alcântara Ferreira 

*

83 comentários:

  1. POr favor, inclua como apoiadores também o Coletivo Jovem de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul.
    Att,

    ResponderExcluir
  2. Tb quero apoiar a carta Mi: Fernanda Domingos da Silva.

    ResponderExcluir
  3. Mi querida Amiga... meu apoio é incondicional! Pode incluir meu nome aqui...
    beijos da Li

    ResponderExcluir
  4. Este é um dia que faz com que os dias fiquem sem esperança. Ver, viver e aprovar moções que na realidade não fazem a diferença que fazemos quando trabalho. Todo empenho tem um produto, que produto tenho deste empenho? A coletividade que é o bem mais digno que temos o outro. Desta forma me fidelizo a este processo democrático, participativo e solidário.

    ResponderExcluir
  5. Cara Mimi, queira por gentileza adicionar o meu apoio a carta dos estudantes, assim como tambem meu pedido de perdao ao povo Guarani, pelos atos violentos causados por uma minoria ignorante e gananciosa que vive dentro de uma nacao pacifica e fraterna.Porem,com governantes mediocres!
    Elizabeth North

    ResponderExcluir
  6. Meu apoio: Paulo Renato de C. Dias - RJ

    ResponderExcluir
  7. Olá! Quanto tristeza ao ler essa carta. Meu total apoio: Flávia Nascimento Ribeiro -ES

    ResponderExcluir
  8. Assino a carta: Flávia Nascimento Ribeiro

    ResponderExcluir
  9. Assino a Carta: Flávia Nascimento Ribeiro-ES

    ResponderExcluir
  10. Assino também: Aline Lopes e Lima - SP

    ResponderExcluir
  11. Subscrevo: Sofia Gomes Vilarigues - Portugal

    ResponderExcluir
  12. Também solidário contra mais esse massacre.


    Gustavo Costa Lima, PE

    ResponderExcluir
  13. Mais uma barbárie contra os povos indígenas. Indignemo-nos todos! A Revista Sina é signatária.

    ResponderExcluir
  14. Apoio a causa, a carta e o manifesto. Repudio o desrespeito, a indignidade e a violência.

    ResponderExcluir
  15. Não é bem assim que o povo brasileiro odeia índios. Sou neto de Guarani Kaiowá e moro em São Paulo e vou falar toda a verdade.
    O maior problema é que o Governador André Puccinelli é o chefe de uma máfia de fazendeiros que se acostumaram a roubar terras indígenas. Há varios Cartorários Corruptos em MS que falsificam escrituras. O meu povo Guarani Kaiowá sempre vai em busca das terras de seus avós e de seus ancestrais e muitas vezes essas terras já ten dono. Ecritura fajuta. E eles reclamam na FUNAI, mas este órgão federal que deveria funcionar em defesa do índio também está comprado. O Governador tem comprado o Ministério Público do seu Estado, tem comprado juízes para decidir en favor dos fazendeiros e tem comprado até a Polícia Militar que participou deste último assassinato. Não tem para quem recorrermos. todas as portas estão fechadas. A ganância é muito grande que faz custar mais um boi do que uma criança. Este Genocído já levou mais de 20 pessoas entre Caciques, Lideranças, Tchamoy e uma Karai Kunhã.

    ResponderExcluir
  16. protect the indigenous peoples - the prosecution must have time for an immediate end
    - EWM - Austria

    ResponderExcluir
  17. Assino a carta. Joana Salomoni, MT

    ResponderExcluir
  18. Assino a carta: João Batista Kimura Filho - SP

    ResponderExcluir
  19. Assino a carta: João Batista Kimura Filho - SP

    ResponderExcluir
  20. Quero apoiar a carta, inclua meu nome por favor!

    Máximo Eleotério Martins, Ouro Preto, MG!

    ResponderExcluir
  21. Pode incluir meu nome:

    Larissa Monteiro Rafael, Recife, PE.

    ResponderExcluir
  22. Também quero assinar!!

    Bruno de Azevedo Cavalcanti Tavares, Recife - PE

    ResponderExcluir
  23. Assino a carta: Márcia Yukari Mizusaki - MS

    ResponderExcluir
  24. Assinado, Thiago dos Santos Iaia Pereira - SP

    ResponderExcluir
  25. Assinado.

    Rhafael Examus.

    SP-Capital.

    ResponderExcluir
  26. Assinado.
    Eliane Castro
    Porto Alegre - RS - Brasuk

    ResponderExcluir
  27. Apoiado!
    Marcel Morsiani Jorge - Piracicaba - SP

    ResponderExcluir
  28. Assinado, Marcos Alberto de Oliveira Vieira, sociólogo, Secretário de Meio Ambiente de Maracanaú /CE

    ResponderExcluir
  29. Assino.
    Marcus Vinicius Nunes Oliveira de Moraes
    Ribeirão Preto - SP.

    ResponderExcluir
  30. Fabio Rossano Darioqua nov 23, 08:08:00 AM 2011

    assino a carta
    Fabio Rossano Dario - São Paulo - SP

    ResponderExcluir
  31. Alex Torres Dominguesqua nov 23, 08:12:00 AM 2011

    Assino a carta: Alex Torres Domingues - MS

    ResponderExcluir
  32. Assinado: Andreia Telles - Ibiaçá - RS

    ResponderExcluir
  33. O Brasil foi roubado dos ìndios! Que lhes seja devolvida a terra e sua identidade.Pois que, enquanto nós, os "civilizados", podemos nos comparar com um tipo câncer que compromete a vida do planeta, eles são como células de defesa deste grande organismo que é a mãe terra!

    MEU APOIO À CARTA DOS ESTUDANTES GUARANI E KAIOWÁ:
    Magnus Kelly Moura da Cunha - Rio Grande do Norte (mkmc06@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  34. Pode me incluir e contar com minha divulgação.

    Samantha Vasconcelos - SP

    ResponderExcluir
  35. Assinado!
    Héliton Geraldo Maciel Junior - São Paulo - Capital

    ResponderExcluir
  36. Assino, podem incluir
    Silas Nogueira
    Ribeirão Preto - SP

    ResponderExcluir
  37. Por justiça, paz e terra livre. A luta pela terra e pela vida dos índios é uma luta de todos que pensam e respeitam a vida.

    ResponderExcluir
  38. Assino,

    Pedro Vieira Rêgo Neto
    Dourados - MS

    ResponderExcluir
  39. Assino,

    Kelly Cristhiane Silva - Dourados/MS

    ResponderExcluir
  40. Inclua Alexsandro Soares de Barros da Sila (UFGD, QUEM MANDO MEXER NO VESPEIRO SEUS LATIFUNDIARIOS BURROS.

    ResponderExcluir
  41. Precisamos Cuidar Melhor dos Verdadeiros Donos das Terras Brasileiras, no mínimo Reconhecendo-lhe os Terrenos com as Escrituras Definitivas e Títulos de Propriedades Legais, como ainda Indenizando por Prejuízos Passados e Pagando pela Exploração Atuial!

    ResponderExcluir
  42. Solicito Incluir meu Apoio:

    Euripedes MARTINS de Oliveira - SP

    Grato!

    ResponderExcluir
  43. É com profunda indignação que recebo a notícia do assassinato de Nisio. Repudio atitudes que se alastram no territorio brasileiro e que necessitam imediatas punições, antes que se transforme como fato natural em momento tão grave como este, onde está sendo votado o Código Florestal.
    Tal assassinato que se soma à muitos sem punição abrem mais perspectivas do extermínio dos camponeses e dos indigenas.
    PELO DIREITO A TERRA DOS VERDADEIROS DONOS DA TERRA.

    Alexandrina Luz Conceição Núcleo de Pós Graduação de Geografia/UFS

    ResponderExcluir
  44. Assino Joziane de Azevedo Cruz

    Dourados-MS

    ResponderExcluir
  45. Também assinamos:

    Coletivo de Comunicadores Populares (Campinas).

    Força na luta!

    ResponderExcluir
  46. Assino.
    Djoni Roos - Marechal Cândido Rondon/PR

    ResponderExcluir
  47. Morei muitos anos perto de Amambaí, sei que os povos indígenas sofrem uma imensa pressão por parte da população urbana.
    Apoio esse manifesto de todo coração.
    Shirley Y. K. Barbosa - Curitiba, Paraná.

    ResponderExcluir
  48. Aho amigos!

    Luz e força nestes momentos difíceis, compartilho minha solidariedade e indignação: vamos juntos!

    Eu, Carlos Diego de Souza Rodrigues assino, pessoalmente e como diretor-presidente da ONG Caminho das Águas. Creio que se possível também assumo a interlocução e a assinatura também vale pelas organizações:
    1- Mitotes
    2- Coletivo Jovem de Meio Ambiente de São Paulo

    Abraços de coração
    INté!

    ResponderExcluir
  49. Insira:

    Entidade: Centro de Desenvolvimento ,Respeito e Ativismo Gay - Centro DRAG (São Luís-MA)

    e

    Pesso física: Thiago Gomes Viana, Advogado, São Luís/MA

    ResponderExcluir
  50. Têm todo o meu apoio! Mauro Bartolomeu - SP.

    ResponderExcluir
  51. Segundo Trigueirinho, "a consciência indígena percebe o mundo e o universo pelo coração. É um setor da consciência planetária com funções específicas na evolução da humanidade."

    Pena que o homem branco não vislumbre a importância de se alcançar esse estado de consciência.

    Apoiando o manifesto:
    ESTAÇÃO LUZ ESPAÇO EXPERIMENTAL DE TECNOLOGIAS SOCIAIS - RIBEIRÃO PRETO (SP)

    ResponderExcluir
  52. Lamento muito pelo ocorrido e solidarizo-me com vocês, seres humanos como todos que têm direito à vida, à livre expressão e à defesa de seus ideais, de suas necessidades e opiniões. Por favor, incluam meu nome também na lista de assinaturas. Abraço fraterno, Islene de Figueiredo Porto - RJ - aluna de Pós Graduação - UFRRJ.

    ResponderExcluir
  53. Desde nosso descobrimento a população indígena vem sendo aniquilada... Não há e nunca houve interesse de nenhum governo de implantar uma política séria e justa em realação aos póvos indigenas. Foi através do homem branco que o índio conheceu um novo mundo cheio de novidades, mas também cheio de atrocidades. Hoje encontramos tribos morando em beiras de rodovias sem a mínima estrutura necessaria para sua sobrevivencia, lutadores tentando se adaptar a vida moderna e a uma sociedade que é preconceituosa até com seus, ainda mais com os índios verdadeiros proprietários das terras invadidas. Hoje vivem alguns próximos as cidades em condições piores que os favelados urbanos em muitas capitais do nosso país. Os Índios são como vedadeiras crianças diante do mundo moderno que lhes foi apresentado e por isso precisam de políticas públicas sérias para a proteção de seus Direitos e não os deixem por ai "largados" como animais e sofrendo violência de assassinos inescrupolosos sem a mínima assitência do Estado Brasileiro. São humanos que merecem respeito, atenção e dignidade.

    Eu apoio ITACIR RODRIGUES DE CAMPOS
    e a ADDC Associação de Defesa dos Direitos do Cidadão também apóia e assina.

    ResponderExcluir
  54. Assino a carta: Karine Neves Mourao - RJ

    ResponderExcluir
  55. ASSINO, FORÇA E AXÉ
    CASSIO FREIRE BEDA - SP

    ResponderExcluir
  56. Apoio a carta com todo coração. Me sinto envergonhado pois cada vez fica mais evidente que o Brasil ainda não se sente detentor de uma dívida histórica com os povos indígenas.

    Muita força.

    Vitor Tavares Gaspar - SP

    ResponderExcluir
  57. Escrevo em nome do Projeto 10porhora.org
    Assinamos o abaixo assinado e reforçamos a luta pelos povos indígenas no Brasil!
    Amanda Fernandes - SP

    ResponderExcluir
  58. Não tenho palavras para exprimir a tristeza e indignação que sinto. Meu coração está com vocês. Espero que nossas assinaturas contem.

    Michelle Rizk, de São Paulo, SP.

    ResponderExcluir
  59. Wagner Donizette Ribeiro, São José dos Campos - SP

    ResponderExcluir
  60. Assino!
    Jhonatta Feitosa Moura Tavares - Se

    ResponderExcluir
  61. Apoio também!
    Paulo Roberto Cimó Queiroz - MS

    ResponderExcluir
  62. SAMIA ROGES JORDY BARBIERIseg nov 28, 01:22:00 PM 2011

    Quero me inserir neste manifesto como signatária e apoiadora da causa.

    SAMIA ROGES JORDY BARBIERI
    COMISSÃO PERMANENTE DE ASSUNTOS INDÍGENAS DA OAB/MS, que repudiamos também, publicamente, através de carta e movimentos sociais em defesa dos povos indígenas de MS.
    Acho da maior importância a união em torno de um pensamento conjunto, por uma CULTURA DE PAZ para os POVOS INDÍGENAS de MS.

    ResponderExcluir
  63. SAMIA ROGES JORDY BARBIERIseg nov 28, 01:25:00 PM 2011

    Apoio a causa e quero ser signatária de todos os movimentos pelos direitos humanos dos povos indígenas, principalmente, os de MS.Manifestamos em repúdio ao assassinato de NÍSIO GOMES, em Amambai.
    SAMIA ROGES JORDY BARBIERI
    PRESIDENTE DA COMISSÃO DE ASSUNTOS INDIGENAS DA OAB/MS

    ResponderExcluir
  64. Favor incluir:
    Alexandre Rates de Freitas - Fundação Gaia. RS

    ResponderExcluir
  65. Também apoio o manifesto, me incluam, por favor.

    Maria Hamille Lima Bezerra - Fortaleza, CE

    ResponderExcluir
  66. Contem com meu total apoio!
    Danilo Cóstola
    RG 42313297-0 SSP-SP
    Taboão da Serra - S.P.

    ResponderExcluir
  67. Assinado : Julian Coelho

    Assino quantas vezes necessária contra estes assasinos e covardes do governo , onde usam do poder para oprimir os humildes e pacificos , mais o que é deles está guardado nas mãos de Deus Todo Poderoso ,pois assim como nós eles são humanos e se há um julgamento final e só Deus o sabe , estes governantes não terão lugar na justiça !!! pois bem aventurados são aqueles que tem fome e sede de justiça !! a recompensa destes covardes do governo vai ser aflição eternamente , isso pelas crianças mortas , issso pelo abuso de poder , isso pela opressão , isso pelos idosos mortos , pela roubalheira e pela corrupção e pelas mãos sujas e corações imundos dos orgãso do governo , que tratam a questão indigena e as questões do povo Brasileiro com indiferença !! Não são brasileiros e nem deveriam representar esta nação no planeta terra , pois são o cancêr da Nação...

    Juian Coelho - ETEC PARAISÓPOLIS-SP- (Abdias do Nascimento) - técnico de meio ambiente

    ResponderExcluir
  68. pessoas
    agradeço todos os comentários, adesões e apoio ao nosso manifesto. ele foi encaminhando no dia de hoje (2 dez 2011) à secretaria de direitos humanos da presidência da república.

    na luta!
    michèle sato, pelo fórum de direitos humanos e da terra, mato grosso
    *

    ResponderExcluir
  69. Apoio o manifesto e contem com a minha assinatura e empenho em conseguir mais assinaturas para as causas humanitárias !

    Beijos,

    Laura Jane Moreira Santiago - Rio de Janeiro- RJ

    ResponderExcluir
  70. Apoio o manifesto, em nome do respeito ao direito de todos os homens!

    ResponderExcluir
  71. Como SER HUMANO, apoio também o MANIFESTO.
    O anonimato é covardia, medo, mas estou aqui com a cara e o olhar direcionados para nossos irmãos de longa data.
    Obrigado pela defesa e parabéns pela LUTA.

    ResponderExcluir
  72. MEU APOIO AO MANIFESTO EM NOME DA DEFESA INCONDICIONAL AOS DIREITOS HUMANOS.
    EVA AUXILIADORA DE FRANÇA - CUIABÁ MT

    ResponderExcluir
  73. Também apoio a causa - Maria Elizabete Nascimento de Oliveira - MT

    ResponderExcluir
  74. Também apoio a causa - MARIA ELIZABETE NASCIMENTO DE OLIVEIRA - MT

    ResponderExcluir
  75. Meu apoio ao Manifesto!
    Fernanda Rezende -ES

    ResponderExcluir
  76. Meu apoio ao Manifesto!
    Fernanda Rezende - ES

    ResponderExcluir
  77. eu vou orar para que DEUS abençoe esta causa e venha fazer justiça na vida destes asassinos e dos mandantes deles JESUS GUARDE VOCES em nome de JESUS

    ResponderExcluir